Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia, ganha Centro Cultural

Postado 1 de agosto de 2015 às 21:42 hs

 lem1

Em 15 anos de emancipação, Luís Eduardo Magalhães cresceu e atraiu pessoas de vários lugares do país e do mundo dispostas a criar raízes na cidade. O diferencial é que ela continua surpreendendo e demonstrando, através da diversidade cultural promovida por essa mistura, sua verdadeira identidade. Prova disso foi a inauguração do Centro Cultural, na noite desta sexta-feira, 31, uma realização da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

lem2

“Luís Eduardo não para de surpreender. Estamos vivendo hoje uma noite histórica. Um marco para a cultura de nossa cidade, que através de toda sua diversidade cultural constrói sua própria identidade”, disse o prefeito Humberto Santa Cruz.

lem3

Também participaram do ato inaugural a secretária de Cultura e Turismo Janne Scholsser, e também os secretários de Governo, Renato Faedo; Administração e Finanças, Sérgio Verri, Educação, Marli Cenci; Trabalho e Assistência Social, Maira de Andrada Santa Cruz; Saúde, Werther Brandão; Meio Ambiente e Economia Solidária, Fernanda Aguiar; Infraestrutura, Waldemar Lobo; Indústria e Comércio, Sérgio Pitt; a Chefe de Gabinente, Rosa Sthalke e os vereadores Zezé da Farmácia e Deusdete Petronilo.

lem4

O Centro Cultural de Luís Eduardo Magalhães conta com salas de música, teatro, capoeira, dança, artesanato, biblioteca, memorial, uma sala multimídia para realização de workshops e exibição de vídeos e um auditório com palco para apresentações culturais, palestras e eventos culturais em geral. Para a secretária de Cultura e Turismo de Luís Eduardo Magalhães, Janne Schlosser, a inauguração deste Centro Cultural representa um avanço para o município. “A partir de agora, a população contará com um local próprio para o desenvolvimento de toda diversidade cultural existente na cidade”, observou.

lem5

A inauguração contou com apresentações culturais das oficinas artísticas da Secretaria de Cultura e Turismo, do Quinteto de Metais do Nucleo Estadual de Orquestra Juvenil e Infantil da Bahia (NEOJIBA); do Quarteto de Cordas do Projeto Santo Antônio, do município de Conceição do Coité/BA; do Grupo Teatral Gambiarra Dellart e da Escola de Ballet Class, além dos alunos da escola de música e que integraram a futura Orquestra Municipal.

lem6

Durante a inauguração também houve exposição de pinturas das artísticas plásticas Leia Puton e Noemia Schimitt e exposição literária com escritores de Luís Eduardo Magalhães, que na oportunidade farão o lançamento do livro Fragmentos, primeiro escrito 100% por autores da cidade. No final o grupo de autores doou exemplares de suas obras para a Biblioteca Municipal.

lem7

A Secretaria de Cultura e Turismo de Luís Eduardo Magalhães informa que a partir da segunda-feira, 03 de agosto, o Centro Cultural estará aberto recebendo inscrições para os cursos de artesanato, dança, música, capoeira e teatro. Os interessados em fazer doações para o memorial da cidade ou para a Biblioteca Municipal também podem procurar o novo espaço cultural da cidade. O Centro Cultural está localizado na Avenida Enedino Alves da Paixão, na antiga Casa Campos.

Comentários
0

O cerco está fechando

Postado às 12:26 hs

Barra

Ex-prefeitos devem quase R$ 1 milhão

Na ultima terça feira, 28 de julho, o site Bahia Noticias, publicou uma matéria intitulada “Gestores e ex-gestores acumulam débitos de R$ 642 milhões com cofres municipais na Bahia”.

A matéria refere-se a um levantamento realizado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que mostra débitos de mais de R$ 642 milhões em multas e ressarcimentos, que prefeitos, ex-prefeitos, presidentes de câmaras e gestores de órgãos públicos municipais terão que devolver aos cofres públicos.

Na região Oeste da Bahia, muitos nomes conhecidos aparecem nessa relação e o valor é altamente significativo. Num momento em que a crise assola o país, não seria a hora do estado, no uso do seu direito, cobrar esse montante já que o recurso pertence ao povo, que na verdade sente falta desse dinheiro, na saúde, na educação e em tantos outros serviços essenciais e que “choram” esses desvios ou má aplicação, nas filas dos hospitais e até mesmo na falta de medicação básica?

Os operadores da Lava Jato, presos e obrigados pela justiça, começam a devolver milhões desviados da Petrobras. Não seria a hora de a justiça cobrar desses políticos, o montante desviado? Essa é uma pergunta que toda a Bahia faz nesse momento.  Vivemos um período de maior estiagem em todo o estado, dezenas e dezenas de municípios estão estado de calamidade e em alguns deles, pessoas já passam fome.

Aleatoriamente, pegamos na extensa lista do Tribunal de Contas, alguns nomes da região, que devem ao “povo” grande parte desses recursos. Em alguns municípios, como Luiz Eduardo Magalhães e Barreiras, aparecem nomes como Humberto Santa Cruz, Antônio Henrique e da ex-prefeita Jusmari, porém, com débitos de valores insignificantes.

Já outros municípios com menor população e menos recursos, aparecem ex-prefeitos com débitos acima dos cem mil reais, a exemplo do ex-prefeito de Barra, Antonio dos Santos, mais de R$ 800 mil,  e Roberval Alves de Souza, ex-prefeito de Ibotirama, com cerca de R$ 150 mil .

Os débitos mais antigos registrados pelo órgão datam de 2000 e, segundo o TCM, não foram pagos aos cofres dos municípios. A quem cabe cobrar esses débitos? Essa é a pergunta que o povo baiano faz no momento e espera uma resposta. Já existe, inclusive, a formação de um movimento popular na região sul do Estado, onde representantes de todos os municípios, em caravana e em praça pública estarão cobrando de cidade em cidade, o ressarcimento do dinheiro público. Vai que cola!

Comentários
0

Nota de esclarecimento

Postado 31 de julho de 2015 às 12:42 hs

Nota Prefeitura de Barreiras

Comentários
0

Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães prepara nova edição de festival gastronômico

Postado às 12:41 hs

 

Banner LEM

Comentários
0

UFC: população disputa no murro casas em Formosa do Rio Preto, no Oeste da Bahia

Postado 30 de julho de 2015 às 18:40 hs

Casas populares Formosa do Rio Preto 2

Cerca de 400 casas populares foram ocupadas ilegalmente na última semana em Formosa do Rio Preto, no Oeste da Bahia. A construção das unidades habitacionais, que ficam localizadas na entrada da cidade, na margem direita do Rio Preto, foi iniciada há oito anos, ainda na gestão do ex-prefeito Manoel Afonso (Neo), através de contrato entre o município e o ministério das Cidades. A demora, o abandono da obra e as suspeitas de irregularidades revoltaram a população que decidiu ocupar o empreendimento - mesmo sem os serviços básicos de água tratada, energia elétrica e coleta de lixo. O clima é tenso no local. Nas imagens, populares disputam fisicamente a posse das casas. O ZDA tentou contato com o atual prefeito de Formosa do Rio Preto, Jabes Júnior, que é sobrinho de Neo, mas até o momento não obteve resposta.

Casas populares Formosa do Rio Preto

Comentários
0

Dilma Rousseff no Oeste da Bahia

Postado 29 de julho de 2015 às 17:34 hs

Informação da capital do Estado dá como certa a visita do governador Rui Costa a Barreiras no fim do mês de agosto. Ainda sem programação definida, Rui deverá participar da entrega de 1476 unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida - São Francisco I, II e III, na saída para Riachão das Neves. Fonte do ZDA no litoral garante ainda que o governador tem mantido conversa com a presidente Dilma Rousseff no sentido de que a chefe na nação também participe do evento na metrópole do Oeste. A viagem de Dilma a Barreiras poderá fazer parte do tour da presidente pelo Nordeste, iniciativa quem tem o ministro da Defesa Jaques Wagner e o ex-presidente Lula como idealizadores.

Comentários
0

Deputado apresenta projeto para captação de energia solar em prédios da Bahia

Postado 28 de julho de 2015 às 23:31 hs

O deputado estadual Fábio Souto (DEM) apresentou, na Assembleia Legislativa da Bahia, um projeto que tem como objetivo a instalação de painéis para a captação de energia solar, bem como o uso da energia solar térmica nos projetos arquitetônicos de prédios públicos.De acordo com o parlamentar, a energia solar é uma excelente alternativa para superar a crise decorrente do aumento do consumo da energia elétrica. Além disso, o democrata ressaltou que a modalidade é caracterizada como um tipo de energia ecologicamente correta, limpa, não poluente, racional, extremamente confiável, que não faz uso de qualquer tipo de combustível poluidor, que não agride o meio ambiente e é uma forma inesgotável, gratuita e de fácil utilização.

Comentários
0
Página 1 de 21812345...102030...Última »

Publicidade


Clima Tempo

Previsão | Barreiras-BA
Max
Min

Últimos Comentários

  • Bobô da Bahia: Aí, temos que ler um cidadão, pecuarista e colunista do Jornal Nova Fronteira advogando (outra das suas facetas) em favor do agronegócio,...
  • Luciano Flavio: Infelizmente a midia hoje pratica e exerce os tres poderes. Ela Julga, condena e absolve por isso sou a favor do controle social da...
  • Dalton Sousa: Parabéns a esse prefeito que valoriza a mão de obra local. Precisa de concurso pra ser gari nessa cidade? Quando vai ter concurso? Onde...
  • junior: o veiculo acima esta em fiscalizacao,giroflex conforme artigo 29 codigo transito brasileiro.ao lado esquerdo palio estacionado em desacordo com...
  • Nuvem de Tags

    Redes Sociais